Débito ou crédito: o que é melhor para clínicas de estética?

por Mariana Silva em 16/Aug/2018 ⇠ Veja outros Posts

Uma dúvida frequente de quem está iniciando o seu negócio ou teve um crescimento rápido nas vendas é sobre qual modalidade de pagamento adotar: continuar apenas nas formas mais tradicionais, como dinheiro em espécie e cheques ou aceitar pagamentos em débito ou crédito. E quando se opta pelos cartões surge uma nova dúvida: qual o melhor para minha clínica de estética?

Em 2017 a Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito (Abecs) divulgou que as vendas feitas com cartões no primeiro trimestre deste ano apresentaram um crescimento de 6% em relação aos três primeiros meses do ano anterior. Todas essas compras somadas totalizaram um valor de R$ 285 bilhões no período.

O post de hoje explica os motivos desse tipo de pagamento atrair cada vez mais pessoas e as principais vantagens e desvantagens de cada um deles para que você possa escolher o melhor para utilizar em sua empresa. Vamos lá!

Por que aceitar cartões como forma de pagamento

Fato é que optar por aceitar cartões como forma de pagamento é algo positivo para a grande maioria dos negócios. Um dos motivos disso é que o pagamento com cartões oferece uma rapidez nas transações. Muito disso se deve ao fato de que o atendente responsável pela cobrança não precisa ficar contando quantias em dinheiro vivo e não há a necessidade de dar troco.

Ambas as opções são muito práticas e seguras para os clientes. Cartões de crédito e débito são protegidos por senhas. Os bancos e operadoras também permitem a possibilidade de cancelamento e bloqueio instantâneo em caso de perdas e roubos, o que costuma ser feito de forma bem simples e rápida por telefone ou até mesmo pela internet.

O pagamento em cartão também garante muito mais segurança para a empresa e ajuda a reduzir a inadimplência. Usando cartões a quantidade de dinheiro vivo nas lojas diminui, isso evita assaltos e roubos. Eles também são vantajosos em relação aos cheques, já que é bem mais difícil fraudar esse tipo de pagamento, como acontece com os cheques sem-fundo.

A tendência é que cada vez mais as pessoas façam a troca do dinheiro vivo por cartões. Vamos entender agora quais são as outras vantagens e desvantagens de cada um deles.

Pagamento em débito

Vantagens

  • As transações em débito geralmente possuem taxas mais baixas junto aos bancos  em relação às taxa de cartão de cŕedito e cheques.

  • O pagamento em débito é processado em menos tempo que o em crédito.

  • Muitas pessoas preferem utilizar cartão em suas compras, mas não possuem a opção de crédito, ou porque tem medo de se endividar ou por causa de seus históricos bancários. Para elas, o débito é a melhor opção.

Desvantagem

A maior desvantagem de trabalhar com pagamento em débito é o aluguel da máquina. Geralmente é cobrado 3 a 5% de cada transação.

Pagamento em crédito

Vantagem

  • A principal vantagem do pagamento com cartão de crédito é que fica mais difícil perder vendas no caso de o cliente não possuir a quantia total necessária, já que é possível parcelar.

  • Ambas as modalidades oferecem um controle maior sobre as vendas, pois todas são registradas em um mesmo lugar. Dessa forma fica muito mais fácil ter sempre atualizadas as informações sobre o fluxo de caixa do seu negócio, algo que é mais complicado com os pagamentos em dinheiro.

Desvantagens

  • Assim como o débito, os cartões de crédito também possuem a desvantagem do aluguel da máquina.

  • O valor da compra geralmente só é repassado pela operadora ao lojista depois de 30 dias.

Conclusão

Sempre que possível, utilize os dois, crédito e débito. Ao escolher a máquina que será utilizada, opte por uma que tenha as duas modalidades. Quanto mais formas de pagamento forem disponibilizadas mais provável que um maior número de pessoas conclua as compras. Isso porque seus clientes podem preferir soluções diferentes entre eles. Pode acontecer de num determinado momento a pessoa escolher comprar no cartão de crédito e três meses depois no débito ou em dinheiro.

Também considere permitir que as pessoas possam pagar utilizando mais de um método, por exemplo, pagando metade do valor em dinheiro e o restante parcelado. O pagamento deve ser facilitados ao máximo, isso incentiva a compra.

Esse foi o nosso post de hoje. Esperamos que ele tenha te ajudado a escolher entre débito e crédito ou que pelo menos você tenha entendido melhor a dinâmica de cada uma dessas opções. Deixe um comentário caso tenha alguma dúvida e deixe suas sugestões de assuntos relacionados à gestão ou marketing para clínicas de estética. Vamos adorar te ajudar!

E para ficar sempre em dia com os nossos conteúdos, assine a newsletter e curta a nossa página no Facebook. Até a próxima!

Mariana Silva

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606
31 3047 5405

© NeritClin

by nerit